Hoş geldin, ziyaretçi! [ Kayıt Ol | Giriş

$227.00

Amizade colorida que vale muito a pena. Veja só como é isso tudo

  • Street: Dokter Veenislaan 110
  • City: Anna Paulowna
  • State: Hawaii
  • Country: Netherlands
  • Zip/Postal Code: 1761 Gs
  • İlan Tarihi: Ağustos 1, 2020 12:08 pm
  • Bitiş Tarihi: 1 gün, 16 saat

Açıklama

O Léo foi o meu primeiro namorado na adolescência, e iniciamos a ficar mas íntimos quando eu tinha 17 anos e ele 18. Estudávamos na mesma sala no segundo proporção, e ele era um dos colegas que eu mas gostava. Também falava com pequeno número de garotas, mas com menos frequência. Das que eu conhecia, minha preferida sempre foi a Renata, lá do prédio. Tinha uma quedinha por ela, mas um tanto me travava na hora de me declarar. Conversávamos quase todos os dias, e nada. No altura, eu sabia o motivo. Ela me achava bonitinho, porém apenas isso.
Em uma quarta-feira, quando a aula de Matemática já tinha terminado, o Léo veio tirar uma dúvida sobre um treino comigo. Ele perguntou se eu não poderia estudar com este em sua casa, porque precisava tirar 8.0 para não permanecer de recuperação. Eu não estava muito a término, porém fui convicto quando este disse que me pagaria um lanche no Mac.
Fiz minhas exigências:
– Mas tem ser com batatinha e refri.
– Ok.
Na vivenda dele, após uma hora de problemas, equações, contas e mais contas, paramos um pouco para presenciar televisão e conversar. Passou um mercantil de cerveja com uma loira muito bonita de biquini colorado na praia, com seios fartos e bundão anuncio de garota de programa – https://gatasprive.com.br suspender o trânsito. Os lábios eram carnudos e boca muito sensual. Quando eu elogiei, ouvi o Léo dar riso todo debochado.
– Você gosta mesmo de mulher, Marcelo?
– É lógico!
– Nunca te vi namorando.
– Eu paladar de uma garota do meu prédio, a Renatinha.
– Você já ficou com ela?
– Não. Ela é atraente, e os caras mas velhos e mais fortes residem em cima dela.
– Você já transou com uma senhora? Fala a verdade.
– Já. Que pergunta!
– A maior parte dos caras mentem quando falam de sexo. Eu sei perceber quando alguém mente.
– Efetivamente, não. Nunca.
Minha resposta o encorajou a ir direto ao matéria que pretendia desde o início da interlúdio.
– Preciso te confessar algo, Marcelo. Te acho muito belíssimo e muito simpático, um paixão de pessoa. Eu estou gamadinho por você.
– hahaha… É fechado?
Sempre tive o riso solto, e me arrependi disso naquele instante. Não queria magoá-lo. Só achei dissemelhante o jeito que ele havia falado, e também muito interessante. Percebi que foi mesmo com o coração, pois me olhou nos olhos de uma forma que absolutamente ninguém nunca havia olhado de antemão, nem mesmo a Renatinha em nossos beijos de farra quando éramos mas jovens. Visto que o Léo teve coragem de falar a verdade, achei que ele se sentiria melhor se eu revelasse o que eu entendia ser minhas “fraquezas”.
– Eu até me sinto mais à vontade ao lado dos caras, porém sei lá… Para ter uma relação, aí já seria demais.
– Diversos homens tiveram a primeira transa com um camarada gay, sabia? Serve como um treino.
– Sei. Porém acho que não rolaria.
– Como deste modo você acha? Quando você está com sua amiga, você verdadeiramente sente atração por ela?
– Sinto, evidente que sinto! Porém não sei se conseguiria satisfazê-la… Muito, você sabe… Se fôssemos para a leito.
– Por quê não?
– É que… Meu pênis é assim um torpedão daqueles… Os caras possui aquelas pirocas gigantes dos filmes pornô, e isso me deixa meio aterrorizado.
– Pintudos como aqueles são poucos que existem por aí, sabia? Vai por mim, eu sei do que estou falando.
– Confesso que, raramente, também me excita o que as atrizes sentem nas cenas mas picantes. As gostosas só faltam decolar de tanto tesão.
– Se for muito feito, você decola mesmo no sexo anal.
– Por quê você está me olhando desta forma, Léo? Não vem não, hein!
– Se você quiser experimentar… Eu te acho uma gracinha.
– Para com isso, Léo!
A quem estava enganando? Eu tinha muitas fantasias sexuais e, em secção delas, me imaginava fazendo o papel feminino e me empolgava com aquelas rolas maravilhosas dos filmes me virando do avesso. Meu amigo me fez furar o coração pela primeira vez. Falava coisas que nunca havia falado antes, e este me compreendia perfeitamente. O Léo me contou como se faz para deixar o cuzinho muito lubrificado, para não doer tanto, e eu ouvi fingindo desinteresse e fazendo piadinhas. Enfim, me contou todos os particularidades. Por mais que eu disfarça, ele sabia perfeitamente que estava instigando minha imaginação contando qualquer passo.
Não parava de filosofar no Léo quando voltei para moradia, e nem dormi recta. Percebi que não precisava mais mentir sobre o que sentia, e não estava mas indeciso. No dia seguinte, liguei para meu colega gay depois da aula.
– Alô!
– Oi, Léo! É o Marcelo. Você não quer estudar de novo comigo hoje em dia? Aí na sua vivenda?
– Estudar mesmo?
– Efetivamente… Eu quero fazer tudo o que você me ensinou. Me sinto bem ao seu lado.
– Nossa, Marreco! De forma eu

 

34 toplam görüntüleme, 1 günlük görüntüleme

  

Listing ID: 4795f255b4f8f8e6

Sorun bildir

Processing your request, Please wait....

Bir yanıt bırakın